O Fundo de Defesa Sanitária do Estado de MG já está em funcionamento:

18/10/2018

O Fundo de Defesa Sanitária do Estado de Minas Gerais já está em funcionamento. No ato da emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA), os produtores e a indústria podem optar entre contribuir para o Fundesa (privado) ou para o fundo estadual.

No caso dos bovinos, o valor é de cerca de R$ 0,50 por animal enviado ao abate, divididos entre produtor e indústria.
A taxa para o leite é de R$ 0,25 a cada mil litros entregues à indústria, que também paga R$ 0,25, totalizando R$ 0,50.
Para suínos e aves, é de R$ 10,54 por carga. Se a produção for integrada, cabe à indústria o pagamento. Se for independente este valor é pago tanto pelo produtor quanto pela indústria.
Taxa de eventos agropecuários de R$ 300.

Entidades parceiras : FAEMG, Asemg, Silemg, Avimig, Ocemg, Afrig e Sinduscarne

“O Fundo dá suporte ao desenvolvimento da agropecuária, com ações de prevenção e erradicação de doenças, e de capacitação de pessoal. Torna possível o ressarcimento aos criadores, em caso de emergência sanitária, e assegura que Minas conquiste a condição de “área livre de febre aftosa sem vacinação”, ampliando a participação nos mercados”.

Fonte: Altino Rodrigues Neto - Superintendente Técnico da FAEMG

0 Comentários

Adicione um comentário

Aplicativos


 Locutor no Ar

Dilon Sanfoneiro

100% sertanejo

05:00 - 10:00

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Marília Mendonça

Ciumeira

02.

Matheus e Kauan ft. Anitta

Ao vivo e a cores

03.

Zé Neto e Cristiano

Notificação Preferida

04.

MC Kevinho

O bebê

05.

Felipe Araujo feat. Ferrugem

Atrasadinha

Anunciantes